» Cifras.com.br » Letras de músicas » Notícias » TV Cifras » Guitar Pro » Gospel

Início » Regional » Xangai » »

Abc do Preguiçoso

Xangai

Abc do Preguiçoso

Xangai Escute esta e outras músicas enquanto navega no Cifras

Autor:

Formatação

colunas A+ A- cores

Nível

Avançado

Nível: Avançado

Transcrição

anônimo


    
E            A  
Marido se alevanta e vai armá um mundé   
                   B7                        E  
Prá pegá uma paca gorda prá nóis cumê um sarapaté   
                                   B7  
Aroeira é pau pesado num é minha véia   
                  A               E  
Cai e machuca meu pé e ai d´eu sodade   
            A  
Marido se alevanta e vai na casa da sua avó buscá   
             B7                   E  
a ispingarda dela procê caçá um mocó   
                                             B7  
E que no lajedo tem cobra braba num é minha véia   
               A              E  
Me morde e fica pió e ai deu sodade   
                      A  
Entonce marido se alevanta e caçá uma siriema   
                  B7                            E  
Nóis come a carne dela e faiz uma bassora das pena   
                                    B7  
Ai quem dera tá agora num é minha véia   
                    A                      E  
Nos braço de uma roxa morena e ai d´eu sodade   
              A  
Sujeito te alevanta e vai na venda do venderão   
                 B7                        E  
Comprá uma carne gorda prá nois cumê um pirão   
                                              B7  
É que eu num tenho mais dinheiro num é minha véia   
                  A              E  
Fiado num compro não e ai d´eu sodade   
                     A  
Ô marido se alevanta e vai na venda do venderim   
                    B7                                E  
Comprá deiz metro de chita prá fazê rôpa pros nossos fiim   
                                           B7  
Ai dentro tem um colchão véio num é minha véia   
                                A               E  
Desmancha e faiz umas carça prá mim e ai d´eu sodade   
                       A  
Disgramado se alevanta e deixa de ser preguiçoso   
                   B7                    E  
O homi que num trabáia num pode cumê gostoso   
                                        B7  
É que trabáia é muito bom num é minha véia   
                 A                    E  
Mas é um pouco arriscoso e ai d´eu sodade   
                     A  
Ô marido se alevanta e vem tomá um mingau   
                  B7                           E  
Que é prá criá sustança prá nóis fazê um calamengal   
                                      B7  
Brincadêra de manhã cedo num é minha véia    
                 A                E  
Arrisca quebrá o pau e ai d´eu sodade   
                                 A  
Marido seu disgraçado tu ai de morrê   
                  B7                      E  
Cachorro ai de ti lati e urubu ai de ti cumê   
                                     B7  
Se eu subesse disso tudo num minha véia   
                  A                  E  
Eu num casava cum ocê e ai deu sodade  
  
_______________________________________________________  
Contribuição: Ícaro Maia Freire(icaromf@hotmail.com)  


  

Top cifras » Top artistas »
Anuncie no Cifras Termos de Uso Política de Privacidade Material de DivulgaçãoFale Conosco
Petaxxon Comunicação Online
Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil
Mais de 1 milhão de cifras cadastradas desde 2003
As informações contidas no Cifras.com.br são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não se responsabiliza sobre nenhuma destas.
R7 Música
close
 
redimensionar