» Cifras.com.br » Letras de músicas » Notícias » TV Cifras » Guitar Pro » Gospel
Logo Cifras.com.br

Início » Forró » Forrozão Sela Rasgada » »

Civilização

Forrozão Sela Rasgada

Civilização

Forrozão Sela Rasgada Escute esta e outras músicas enquanto navega no Cifras

Autor:

Formatação

colunas A+ A- cores

Nível

Sem Nível

Nível: Sem Nível

Transcrição

enviada por gustsilva


  A                  F#m                    A 
Fui visitar meu sertão que nasci e fui criado 
                D         E            A 
Achei tudo diferente daqueles anos passado. 
               B                       D             E         A     (A D)
Hoje choro e lamento botei a culpa no tempo por ter sido encarregado 

A                    F#m              A 
Chegando em casa encontrei uma civilização 
               D         E         A 
Em uma mesa bonita tinha uma televisão 
                  B                    D            E       A    (A D)
De tanta saudade choro no lugar do oratório que mãe fazia oração 

A              F#m                     A 
Não achei o lampião que pai a noite acendia 
               D          E         A 
A lata de querosene enferrujada e vazia 
               B                    D          E          A   (A D)
É de cortar coração desprezar um lampião por causa da energia 

A                F#m                   A 
O pote de água fria "trocaro" por geladeira 
                  D         E            A 
Não tem aquele gostinho da aguinha da biqueira 
                    B                    D               E        A      (A D)
Água e trazida de carro sumiu o pote de barro feito por mão da louceira 

A                   F#m                    A 
Não achei mais a chaleira que mãe fazia o café 
                   D          E          A 
E nem o chifre do boi que pai botava o rapé 
                B                    D         E             A    (A D) 
Hoje tudo " ta mudado" o povo civilizado se vê não sabe o que é 

A                  F#m                    A 
Não se vê mais o trupé dos burro nos tabuleiro 
                  D          E            A 
Nem o chiado do reio pras burros andar ligeiro 
                  B                    D         E           A 
Essa é a pura verdade hoje só resta saudade no coração do vaqueiro 
                  B                    D         E           A       (A D)
Essa é a pura verdade hoje só resta saudade no coração do vaqueiro. 
  

top cifras forrozão sela rasgada
top cifras forró
ver mais cifras desse artista var letras desse artista
Top cifras » Top artistas »
Anuncie no Cifras Termos de Uso Política de Privacidade Material de DivulgaçãoFale Conosco
Petaxxon Comunicação Online
Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil
Mais de 1 milhão de cifras cadastradas desde 2003
As informações contidas no Cifras.com.br são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não se responsabiliza sobre nenhuma destas.
R7 Música
close
 
redimensionar