» Cifras.com.br » Letras de músicas » Notícias » TV Cifras » Guitar Pro » Gospel
Logo Cifras.com.br

Início » Sertanejo » Zé Henrique e Gabriel »

Mala Amarela

Formatação

colunas A+ A- cores

Nível

Iniciante

Nível: Iniciante

Transcrição

enviada por fernsantana


  B B E E B B7 E B7 E 
  
E                              B7                                  E  
Era quatro e meia passava um pouquinho, o fosco clarinho rasgava o varjão   
                                 B7                                E  
Era o trem noturno que vinha apontando, e logo parando na velha estação   
             A                   G#m                 F#m             B7  
Meu corpo tremia meus olhos molhavam, o meu pai do lado e a mala no chão    
               A               E                B7              E  
Beijei o seu rosto e disse na hora, o mundo lá fora me espera paizão    
   
   E                       B7                                  E  
Entrei no vagão corri pra janela, e a mala amarela do velho eu catei   
                                B7                                   E  
O trem deu partida soqueou bruscamente, e ali novamente sua mão eu beijei   
                A             G#m                F#m               B7  
Um pouco pra diante vi minha casinha, e minha mãezinha de pé no portão   
            A                   E              B7              E  
Ela não me viu e o trem na corrida, ouvi as latidas do velho sultão    
   
 E                            B7                           E  
Um certo senhor da poltrona vizinha, dizia que vinha do paranazão    
                               B7                                 E                                
Me disse também de um jeito cortes, é a primeira vez que deixo o sertão    
             A                G#m               F#m            B7     
Pedi seu conselho e ele me disse, seu moço a velhice é dura demais    
                  A                  E              B7                E   
Eu sou bem mais velho e posso aconselhar, é duro ficar distante dos pais   
   
 E                              B7                                  E  
Eu nunca esqueci o que o velho falou, o tempo passou e pra casa eu voltei   
                                 B7                                 E                                  
Quem fica distante jamais se conforma, lá na plataforma meus pais avistei   
          A                   G#m              F#m                   B7     
Desci comovido abracei ele e ela, e a mala amarela meu filho eu não vi   
             A                    E                    B7             E                                  
Meu pai acredite na fala de um homem, pra não passar fome a mala eu vendi     
   
    F#                           B                        F#            B  
Que pena, que pena era minha lembrança, que eu trouxe de herança do seu avó   
               A                 E                B7              E  
Mas deixa pra lá eu vou me esquecer, a herança é você e você já voltou 
  

top cifras zé henrique e gabriel
top cifras sertanejo
ver mais cifras desse artista

letras do(a) Zé Henrique e Gabriel

Top cifras » Top artistas »
Anuncie no Cifras Termos de Uso Política de Privacidade Material de DivulgaçãoFale Conosco
Petaxxon Comunicação Online
Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil
Mais de 1 milhão de cifras cadastradas desde 2003
As informações contidas no Cifras.com.br são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não se responsabiliza sobre nenhuma destas.
R7 Música
close
 
redimensionar