» Cifras.com.br » Letras de músicas » Notícias » TV Cifras » Guitar Pro » Gospel
Logo Cifras.com.br
tutoriais

Violao para Iniciantes

Tutoriais > Violão & Guitarra para Iniciantes

enviado por nixbeau




Iniciante



INICIANTE

 

Música - É a arte de combinar sons de uma maneira agradável.

 

ALGUMAS PARTES FUNDAMENTAIS:

Melodia - Combinação de sons sucessivos;

Harmonia - Combinação de sons simultâneos;

Ritmo - Uma combinação de valores das notas dispostas no tempo em que são executa das;

 

EXISTEM MANEIRAS DIFERENTES DE TOCAR O VIOLÃO:

 

Violão Cifrado

O mais usado pelos violonistas onde o instrumento é usado para acompanhar seu canto, dispondo de acordes ou posições embutidos em um ritmo.

Violão Solado

Um método mais aprofundado onde o intérprete executa a melodia da música sem cantar. Muito usado em música erudita onde os violonistas realizam verdadeiras "acrobacias" com o instrumento.

 

 

PARTES DO VIOLÃO


 

 

1 - Tampo

Corresponde ao corpo do violão. Onde a sonoride varia de acordo com o tamanho, formato, madeira usada na confecção do instrumento.

2 - Rastilho

Parte do instrumento que se prende as cordas

2 - Cavalete

Serve de suporte para prender o Rastilho na altura correta.

3 - Boca

Orifício localizado no corpo do violão por onde o som se propaga.

4 - Cordas

Parte fundamental onde são produzidas as notas musicais. O som e formado a partir da casa precionada no braço do instrumento.

5 - Braço

Parte do instrumento onde se localiza as casas e os trastes.

 

6 - Trastes

Dividem o braço do instrumento em casas de maneira à alcançar a altura correta das notas.

7 - Casas

Indicam exatamente a localização das Nota musicais.

 

8 - Pestana

Tem a função de servir como apoio para as cordas direcionando-as para as tarrachas.

9 - Tarachas

Tem a finalidade de alcançar a afinação correta, afroxando ou apertando as corda, conforme a necessidade.

10 - cabeça

Encontrada na parte superior do braço, serve de suporte para o mecanismo das Tarachas.

 

 


MÃOS

 

 

Dedos da mão esquerda

1 – Indicador

2 – Médio

3 - Anular

4 - Mínimo

 

Dedos da mão direita

P - Polegar

I - Indicador

M - Médio

A - Anular

 

 

 

AFINAÇÃO TRADICIONAL

 

A Afinação vc tem que treinar muito pois, é pelo ouvido que vc vai ficar sabendo quando o violão está afinado e quando ele não está afinado. Eu aconselho que se tenha um violonista para pelo menos tirar umas dúvidas e dar uns toques. Não se preocupe com o tempo seu ouvido vai ficar ótimo.

Ao tocar as cordas livres, a partir da mais grave, (de cima para baixo) nós emitimos os sons da notas:

 

MI

LA

RE

SOL

SI

MI

|------------------------------------------------

|------------------------------------------------

|------------------------------------------------

|------------------------------------------------

|------------------------------------------------

|------------------------------------------------

 

Sempre antes de tocar o instrumento deve se conferir a afinação. Temos que dispor de um Diapasão que emite a nota LA (440 Hertz).

 

1º         Acertar a primeira corda de baixo para cima a mais fina, pressionando a quinta casa, toque e compare com o Diapasão movimente a taracha aumentando ou diminuindo a nota até ficar equivalente a altura da nota emitida pelo Diapasão.

Obtendo na quinta casa corda 1 a nota La

Obtendo na corda 1 corda solta a nota Mi

2º         Agora pressionamos na segunda corda a quinta casa (nota Mi), comparamos com a primeira corda solta a corda Mi já afinada movimente a taracha até obter o som igual a primeira corda.

Obtendo na quinta casa corda 2 a nota Mi

Obtendo na corda 2 corda solta a nota Si

3º         A seguir pressionamos na terceira corda a quarta casa (nota Si), comparamos com a segunda corda solta a corda Si já afinada movimente a taracha até obter o som igual a segunda corda.

Obtendo na quinta casa corda 3 a nota Si

Obtendo na corda 3 corda solta a nota Sol

4º         Continuando pressionamos na quarta corda a quinta casa (nota Sol), comparamos com a terceira corda solta a corda Sol já afinada movimente a taracha até obter o som igual a terceira corda.

Obtendo na quinta casa corda 4 a nota Sol

Obtendo na corda 4 corda solta a nota Re

5º         Vamos pressionamos na quinta corda a quinta casa (nota Re), comparamos com a quarta corda solta a corda Re já afinada movimente a taracha até obter o som igual a quarta corda.

Obtendo na quinta casa corda 5 a nota Re

Obtendo na corda 5 corda solta a nota La

6º         Finalmente pressionamos na sexta corda a quinta casa (nota La), comparamos com a quinta corda solta a corda La já afinada movimente a taracha até obter o som igual a quinta corda.

Obtendo na quinta casa corda 6 a nota La

Obtendo na corda 6 corda solta a nota Mi

 

Você pode também começar a afinação usando a quinta corda solta (la) e comparar com o som do Diapasão, apartir desta corda afinada você pode usar os mesmos passos acima para afinar as demais cordas.

 

 

CIFRAS

 

As cifras são um padrão usado para escrever as notas musicais usando letras.

Notas

Cifras

 

La

 

Si

 

Do

 

Re

 

Mi

 

Fa

 

Sol

 

A

 

B

 

C

 

D

 

E

 

F

 

G

 

As cifras terão que ser decoradas, pelo menos as letras pois vc no ínicio pode fazer uma tabelinha com os acordes.

 

 

ACORDES

 

É a produção de vários sons simultâneos obtidos da combinação de varias notas. Nessa combinação há uma nota que é básica e nomeia o acorde, também chamada de Baixo.

 

Observe como exemplo estas combinações:

DO MI SOL, SOL MI DO ou DO SOL MI

Não importando a ordem das notas, esta combinação de três notas resulta no acorde de DO Maior.

 

No nosso estudo o acorde será representado por um gráfico que representa uma reprodução do braço do violão, veja abaixo:

 

C (Do Maior)

 

             |-----|-----|-----|:E

           b |--3--|-----|-----|:A

             |-----|--2--|-----|:D

           . |-----|-----|-----|:G

           . |-----|-----|--1--|:B

           . |-----|-----|-----|:e

 

            As linhas horizontais representam as cordas e as linhas verticais são os trastes

 

             |-----|-----|-----|:E

             |-----|-----|-----|:A

             |-----|-----|-----|:D

             |-----|-----|-----|:G

             |-----|-----|-----|:B

             |-----|-----|-----|:e  <- cordas

                      Trastes

 

 

Os números representam os dedos da Mão Esquerda onde:

 

1 – Indicador

2 – Médio

3 – Anular

4 – Mínimo

 

 

As letras representam as cordas do instrumento

 

    |------|------|------|:E -> 6ª Corda Mi mais grave

b  |------|------|------|:A -> 5ª Corda La

    |------|------|------|:D -> 4ª Corda Re

  . |------|------|------|:G -> 3ª Corda Sol

  . |------|------|------|:B -> 2ª Corda Si

  . |------|------|------|:e  -> 1ª Corda Mi mais agudo

 

A letra b e os três pontos no lado esquerdo do gráfico representam os dedos da mão direita posicionados sobre as cordas.

O b indica o dedo polegar chamado de BAIXO que é a nota mais importante do acorde. A nota do baixo varia entre as cordas 4, 5 e 6 do instrumento, de acordo com o acorde executado.

 

 

Posições corretas das mãos

 

MÃO DIREITA

 

No exemplo do acorde de Do maior teremos o seguinte posicionamento

 

             |-----|-----|-----|:E

           P |--3--|-----|-----|:A

             |-----|--2--|-----|:D

           I |-----|-----|-----|:G

           M |-----|-----|--1--|:B

           A |-----|-----|-----|:e

 

                Polegar   -P  Atinge a Corda 5 que é o Baixo do acorde

                Indicador -I  Atinge a Corda 3

                Médio     -M  Atinge a Corda 2

                Anular    -A  Atinge a Corda 1

 

A mão direita deverá cair sobre o tampo do violão fazendo uma espécie de concha. É importante coloca a mão de maneira espontânea sem forçar e sem retesar os nervos.

 


O polegar deve sempre ficar a frente dos demais dedos num ângulo aproximado de noventa graus em relação ao dedo indicador. Nesta posição o polegar ao tocar a corda 4 não atrapalha o dedo indicador posicionado na corda 3. Observe a Fig. 1.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MÃO ESQUERDA

 


O polegar e colocado na parte de trás do braço e os demais dedos sobre as cordas na parte da frente. Observe a Fig. 2. A mão deve ser posicionada de tal forma que o polegar não ultrapasse o braço do violão, deixando a mão livre para percorrer o braço do instrumento.


Na formação de um acorde mantenha os dedos na posição mais vertical possível, isto evita um abafamento indesejado nas outras cordas. Veja Fig. 3.


 

 

 

PRIMEIROS ACORDES PARA ESTUDAR

 

        A (La Maior)                  Am (La Menor)

 

             |-----|-----|-----|:E         |-----|-----|-----|:E

           b |-----|-----|-----|:A       b |-----|-----|-----|:A

             |-----|--1--|-----|:D         |-----|--2--|-----|:D

           . |-----|--2--|-----|:G       . |-----|--3--|-----|:G

           . |-----|--3--|-----|:B       . |-----|-----|--1--|:B

           . |-----|-----|-----|:e       . |-----|-----|-----|:e

 

         A7 (La Maior com sétima)              

 

             |-----|-----|-----|:E     

           b |-----|-----|-----|:A     

             |-----|--2--|-----|:D     

           . |-----|-----|-----|:G     

           . |-----|--3--|-----|:B     

           . |-----|-----|-----|:e

 

         E (Mi Maior)                 E7 (Mi Maior com sétima)

 

           b |-----|-----|-----|:E       b |-----|-----|-----|:E

             |-----|--2--|-----|:A         |-----|--2--|-----|:A

             |-----|--3--|-----|:D         |-----|--3--|-----|:D

           . |-----|-----|--1--|:G       . |-----|-----|--1--|:G

           . |-----|-----|-----|:B       . |--4--|-----|-----|:B

           . |-----|-----|-----|:e       . |-----|-----|-----|:e

 

 

 

 

 

         D (Re Maior)                 Dm (Re Menor)

 

             |-----|-----|-----|:E         |-----|-----|-----|:E

             |-----|-----|-----|:A         |-----|-----|-----|:A

           b |-----|-----|-----|:D       b |-----|-----|-----|:D

           . |-----|--2--|-----|:G       . |-----|--2--|-----|:G

           . |--3--|-----|-----|:B       . |--3--|-----|-----|:B

           . |-----|--1--|-----|:e       . |-----|-----|--1--|:e

 

Observe nos acordes acima que o Baixo é sempre dado na corda que emite a nota nomeadora do acorde.

 

 

 

RITMO, BATIDAS E DEDILHADOS.

 

O Tempo

 

Para ter uma noção básica sobre o tempo, vamos praticar usando como marcador um relógio, a cada segundo passado toque a 6ª corda do instrumento com o Polegar, siga o ritmo dos segundos sem atrasar e nem adiantar. Vamos tocar a mesma nota a cada segundo que passa.

 

Então vamos dizer que 1 tempo e igual a 1 segundo.

 

Agora vamos tocar a cada tempo uma nota diferente.

 

Usaremos 3 tempos.

 

No primeiro tempo toque com o polear a 6ª corda;
No segundo tempo toque com o polegar a 5ª corda;
No terceiro tempo toque com o polegar a 4ª corada;

 

Observe o esquema abaixo:

                Tempos      1   2   3   1   2   ...

                     Dedos        P   P   P   P   P   ...

Repita este movimento até sincronizar com perfeição, um toque a cada tempo.

 

 

RITMO DE VALSA:

 

Toca-se com o polegar uma vez o Baixo do acorde, depois com o indicador, médio e anular puxam-se juntas as três cordas mais finas, este
último movimento e repetido duas vezes.

 

Veja abaixo o esquema:

        TEMPOS    1      2       3      1      2    

        DEDOS     B     123     123     B     123 ...  

                 |_________________|

                   Batido completo

B = Baixo Polegar
123 os três dedos juntos
Obs.: O números 123 significam os dedos I, M e A

 

 

 

Exercício para treinar o ritmo de valsa

 

O baixo deverá ser alternado a cada 1º tempo passado.
No primeiro batido completo no primeiro tempo, o polegar ataca a 6º corda;
No segundo batido completo no primeiro tempo, o polegar ataca a 5º corda;
No terceiro batido completo no primeiro tempo, o polegar ataca a 4º corda;

 

Exercícios para treinar o ritmo de Valsa sobre os acordes:

Toque 2 vezes a batida completa em cada posição.

 

Tom de La Maior

1ª - A E7 A A7 D Dm A E7 A

 

Tom de La Menor

2ª - Am E7 Am A7 Dm E7 Am E7 Am

 

Repita o exercício até chegar a perfeição das passagens de um acorde para o outro, observando a marcação do tempo que deve ser constante sem atraso ou adiantamento do andamento.

 

 

DEDILHADO

 

É o processo de tirar notas sucessivas, uma corda de cada vez, cada corda com um dedo diferente.

 

1º Dedilhado

 

                Tempos     1   2   3   4   1   2   3   ...

 

                Dedos      B   1   2   3   B   1   2   ...

                          |_____________|

                           Ded. Completo

Onde:

B = Baixo

1 = Indicador

2 = Médio

3 = Anular

Exercício:

Para praticar este dedilhado vamos treinar no acorde de C (Do maior).

 

          C 

             |-----|-----|-----|:E

           b |--3--|-----|-----|:A

             |-----|--2--|-----|:D

           . |-----|-----|-----|:G

           . |-----|-----|--1--|:B

           . |-----|-----|-----|:e

 

Começamos tocando com o Polegar na 5ª corda indicado por b no gráfico, agora toca-se o Indicador na 3ª corda, em seguida o dedo Médio na 2ª corda e finalmente o dedo Anular na 1º corda.

 

 

Tente executar no dedilhado o trecho abaixo, aplicando o dedilhado completo duas vezes em cada posição. Você deve alcançar a perfeição quando conseguir fazer as passagens de um acorde para outro seguindo o tempo corretamente.

 

Am - A7 - Dm - Am - E - E7 – Am

 



Voltar
Avançar
Top cifras » Top artistas »
Anuncie no Cifras Termos de Uso Política de Privacidade Material de DivulgaçãoFale Conosco
Petaxxon Comunicação Online
Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil
Mais de 1 milhão de cifras cadastradas desde 2003
As informações contidas no Cifras.com.br são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não se responsabiliza sobre nenhuma destas.
R7 Música