MPB
Djavan
Na boca do beco
-
Na hora da agonia
Eu pergunto:
Cadê os meus amigos, meus camaradas, meus pareceiros?
Na hora que eu mais necessito deles não acho um
O Zé tá pra São Paulo
E Pedro morreu
Até o Biu desapareceu
Chico Careca, já cansei de bater na casa da esquina e nem
Já é quase noite e o negão num açoite
Na boca do beco vai aparecer
E eu vou ter que encarar
E não posso perder, que a crioula vai ver
Tomei decisão
Como último tiro
Gritei num suspiro:
"Ganhei o bolão
E não tenho um irmão
Com quem possa gastar!"
De repentemente a turma pintou
Com sorriso nos dentes
Me dizendo contente:
"Ah! Deixa isso com a gente!"
No final do barato, eu ganhei do negão
E, sem grana na mão
A turma me ganhou
Quando sacou o grupo
E hoje a crioula está de luto
No final do barato, eu ganhei do negão
E, sem grana na mão
A turma me ganhou
Quando sacou o grupo
E hoje a crioula está de luto
E hoje a crioula está de luto, ê!
E hoje a crioula está de luto