Cifras e Tablaturas
Lisandro Amaral

Lisandro Amaral

De Cruzada

Cifras Cancelar Versão de Impressão

Lisandro Amaral - De Cruzada

Tom: C

  			
C                  F     F#                   C 
Avisto quincha e torrão num povoado em São Martin 
C7                 F       G7              C 
vejo um pedaço de mim extraviado n'outra era 
C7             F       F#               C 
foi morada, hoje espera poetizando agonias 
C7                    F    G7              C 
pois no museu destes dias não nos vale ser tapera 

C7                         F                    C 
tomba a quincha, rompe o barro qual um pranto terminal 
                 F                          C 
do abrigo tradicional trincheira perante a guerra 
                        F                         C 
hoje um semblante que encerra depois do ser e o partir 
                 G7                           C 
há um destino a seguir...todos voltamos pra terra 

(10-11-13-10 20-21-23-20) 
F                   C         F           C 
eu que venho de cruzada desgastando nazarenas 
C7                   F             G7      C 
matrereio as mesmas penas deste rancho a desabar 
                     F                          C 
tenho ausências no olhar e a alma a sombra do verso 
    C7                F                G7        C 
me sinto mais que o universo quando me ponho a cantar 
    C7                F                G7        C 
me sinto mais que o universo quando me ponho a cantar 

C                  F     F#                   C 
estas cenas que me abrem consciencia para o passado 
C7                    F     G7                     C 
pára o mundo do outro lado na querência de quem parte 
C7                   F    F#                   C 
mais sincero será o mate sem refugos por bandeira 
C7               F             G7             C 
a alma olha a porteira quando Deus faz o aparte 

C7               F                        C 
aceno o lenço e rumo por onde o extinto trilha 
                  F                       C 
enforquilhando tropilhas redomoneando quimeras 
                     F                    C 
até encontrar minha era sem ausências no olhar 
                 G7                           C 
felizmente guitarrear num grande céu sem tapera 


(10-11-13-10 20-21-23-20) 
F                   C         F           C 
eu que venho de cruzada desgastando nazarenas 
C7                   F             G7      C 
matrereio as mesmas penas deste rancho a desabar 
                     F                          C 
tenho ausências no olhar e a alma a sombra do verso 
    C7                F                G7        C 
me sinto mais que o universo quando me ponho a cantar 
    C7                F                G7        C 
me sinto mais que o universo quando me ponho a cantar 
    	
fixar
fixar inscrever-se

enviado porenviado por: renejunior
cifra enviadaCorrigida por: sem correções
logo top cifrasComente
ico música do artistaMúsicas deste artista
ico curtiuCurtiu?
ico destaqueDestaque
Petaxxon Comunicação Online

Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil Mais de 1 milhão de acordes de músicas cadastradas desde 2003
As informações contidas no nosso site são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não nos responsabilizamos sobre nenhuma destas.

close
menos
mais
close
Cor dos acordes:

Cor da letra:

close
Alinhar acordes a direita Alinhar acordes a esquerda Alinhar acordes em baixo Alinhar acordes no topo
close
  Mostrar todos os acordes Esconder acordes muito fáceis Esconder acordes fáceis Esconder acordes intermediários
redimensionar
glossário