Cifras e Tablaturas
César Passarinho

César Passarinho

Galope De Paz

Cifras Cancelar Versão de Impressão

César Passarinho - Galope De Paz

Tom: A

  			           
( A  E  A  D ) 
( Dm  A  B  E ) 

Nas guerrilhas uso armas 
Com acordes de violão 
Mando bala na poesia 
Sem matar a inspiração 
Faço a cuia de granada 
Pra explodir uma canção 
Na trincheira de meus versos 
Busco paz no chimarrão 
Nas baionetas caladas 
Meu canto é voz de canhão    

        A                  F#m 
Meus patrícios do chão brasileiro  
     D       E      A 
Da imensa e gaúcha nação  
  C#                       F#m       
As guerrilhas e os fatos presentes 
        B7                E 
Pouco importa,não faz distinção 
       D         E       A 
Não se pode matar inocentes 
       E                      A 
Nem tampouco lutar contra irmãos   

A 
A paz vem chegando a cavalo  
      C#m               
De bandeira e sem armas na mão  
      A7                   
Vem montada no sol da esperança 
     D                     
Assobiando uma linda canção 
     Bm 
A violência não traz a bonança 
                          E 
Nem a guerra é a melhor solução 
                                
         A 
Ao rio grande de um povo altaneiro 
       F#m 
De bravura,de força e de união  
        B7                    
Que carrega a cultura na lança  
        E7 
Como um hino à nova geração 
        A 
A violência não traz a bonançao 
        F#m 
Nem a guerra é a melhor solução 
        B7 
Não se pode matar inocentes 
        E                    A 
Nem tampouco lutar contra irmãos  


Que adianta pensar em vingança 
    C#m 
Derramar tanto sangue no chão 
     A7                    
Se o gaúcho nasceu para cantá-lo 
      D 
Cultivar a nossa tradição 
       Bm                                                                   
Pois que entre a paz a cavalo  
                           E        
De bandeira e sem armas na mão   
                                  
( A  E  A  D ) 
( Dm  A  B7  E7 ) 

Que adianta pensar em vingança 
Derramar tanto sangue no chão 
Se o gaúcho nasceu para cantá-lo 
Cultivar a nossa tradição 
Pois que entre a paz a cavalo 
De bandeira e sem armas na mão   

A 
A paz vem chegando a cavalo  
      C#m               
De bandeira e sem armas na mão  
      A                  A7 
Vem montada no sol da esperança 
     D                     
Assobiando uma linda canção 
     Bm 
A violência não traz a bonança 
                          E 
Nem a guerra é a melhor solução   

A 
A paz vem chegando a cavalo  
      C#m               
De bandeira e sem armas na mão  
      A                  A7 
Vem montada no sol da esperança 
     D                     
Assobiando uma linda canção 
     Bm 
A violência não traz a bonança 
                          E 
Nem a guerra é a melhor solução 

( A  C#m  A  D  Bm  E7  A ) 

Que adianta pensar em vingança 
Derramar tanto sangue no chão 
Se o gaúcho nasceu para cantá-lo 
Cultivar a nossa tradição 
Pois que entre a paz a cavalo 
De bandeira e sem armas na mão 
    	
fixar
fixar inscrever-se

enviado porenviado por: robepoiel
cifra enviadaCorrigida por: sem correções
afinação

Toque com outra afinação
Modifique a corda abaixo ou utilize um dos presets.

Dacorde
Aacorde
Eacorde
braço violão
Gacorde
Bacorde
Eacorde
logo top cifrasComente
ico música do artistaMúsicas deste artista
ico curtiuCurtiu?
ico destaqueDestaque
Petaxxon Comunicação Online

Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil Mais de 1 milhão de acordes de músicas cadastradas desde 2003
As informações contidas no nosso site são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não nos responsabilizamos sobre nenhuma destas.

close
menos
mais
close
Cor dos acordes:

Cor da letra:

close
Alinhar acordes a direita Alinhar acordes a esquerda Alinhar acordes em baixo Alinhar acordes no topo
close
  Mostrar todos os acordes Esconder acordes muito fáceis Esconder acordes fáceis Esconder acordes intermediários
redimensionar
glossário