Cifras e Tablaturas
Eduardo Costa

Eduardo Costa

Saco De Ouro

Cifras Cancelar Versão de Impressão

Eduardo Costa - Saco De Ouro

Tom: E

  			
Intro: E  B7  E  B7  E 

             E 
Um saco de estopa 
               B7 
com embira amarrado 
Eu trago guardado é a minha 
    E 
paixão 
Uma bota velha 
               B7 
chapéu cor de ouro 
                             E 
Bainha de couro e um velho facão 
                   B7 
Tenho um par de espora 
                E 
Um arreio e um laço 
             B7             E 
Um punhal de aço e rabo de tatu 
              E7            A 
Tenho uma guaiaca ainda perfeita 
              E        B7        E  B7  E 
Caprichada e feita só de couro cru 
                E 
Do lampião quebrado 
              B7 
só resta o pavio 
Pra lembrar do frio 
               E 
Eu também guardei 
Um pelego branco que perdeu 
   B7 
o pêlo 
                              E 
Apesar do zelo com que eu cuidei 
            B7               E 
Também o cachimbo de cano Colombo 
              B7                  E 
Quantos pernilongos com ele espantei 
              E7 
Um estribo esquerdo 
                A 
que guardei com jeito 
            E        B7          E 
Porque o direito na cerca eu quebrei 
           E              B7 
A nota fiscal já toda amarela 
Da primeira sela que eu mesmo 
     E 
comprei 
                           B7 
Lá em soledade na Casa da Cinta 
                              E 
Duzentos e trinta, na hora paguei 
            B7              E 
Também o recibo já todo amassado 
             B7               E 
Primeiro ordenado que eu faturei 
           E7                A 
É a minha traia num saco amarrado 
                E 
Num canto escostado 
       B7          E  B7 E 
que eu sempre guardei 
Pra mim representa um belo 
    B7 
passado 
                                 E 
A lida de gado que eu sempre gostei 
                               B7 
Assim enfrentei esse trabalho duro 
                               E 
E fiz meu futuro sem violar a lei 
           B7                  E 
O saco é relíquia com meus apetrechos 
                 B7                  E 
Não vendo e não deixo ninguém pôr a mão 
                E7             A 
Nos trancos da vida aguentei o taco 
            E         B7     E 
E o ouro do saco é a recordação 
    	
fixar
fixar inscrever-se

enviado porenviado por: marcnagel
cifra enviadaCorrigida por: sem correções
afinação

Toque com outra afinação
Modifique a corda abaixo ou utilize um dos presets.

Dacorde
Aacorde
Eacorde
braço violão
Gacorde
Bacorde
Eacorde
logo top cifrasComente
ico música do artistaMúsicas deste artista
ico curtiuCurtiu?
ico destaqueDestaque
Petaxxon Comunicação Online

Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil Mais de 1 milhão de acordes de músicas cadastradas desde 2003
As informações contidas no nosso site são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não nos responsabilizamos sobre nenhuma destas.

close
menos
mais
close
Cor dos acordes:

Cor da letra:

close
Alinhar acordes a direita Alinhar acordes a esquerda Alinhar acordes em baixo Alinhar acordes no topo
close
  Mostrar todos os acordes Esconder acordes muito fáceis Esconder acordes fáceis Esconder acordes intermediários
redimensionar
glossário