Cifras e Tablaturas
Cifras Cancelar Versão de Impressão
cifras

Rolando Boldrin - João Carreiro

fixar na tela  
Exibindo: vídeo-aula ver clipes redimensionar
  
Intro: D7 - G - D7 - G 

                                          D7 
O meu nome é João Carreiro conhecido no lugar 
                                   C    D7      G 
Eu vou contar minha história pra vocês não duvidar 
                                               D7 
Já estou velho, estou cansado, já não posso carrear 
                                 C     D7      G 
Mas o galo quando morre deixa as penas por sinal 
                                               D7 
No tempo que eu fui carreiro muita figura eu fazia 
                            C     D7      G 
Com doze juntas de boi, cabeçalho até a guia 
                                           D7 
João carreiro era falado, conhecido em demasia 
                              C     D7     G 
Quando ele entrava na vila, o povo todo sabia! 

( D7 - G - D7 - G ) 

                                          D7 
Com as doze juntas de boi caminhava sossegado 
                                   C    D7      G 
O carro do João Carreiro tinha um cantar apaixonado 
                                         D7 
Distância de meia légua quando subia o cerrado 
                                C     D7    G 
Os dois cocões rangedor fazia um dueto chorado 
                                          D7 
Parelha do cabeçalho: Beija-Flor e Munzambinho 
                              C     D7      G 
Parelha de boi de guia: Fortaleza e caboclinho 
                                  D7 
Na subida caminhava, Riachão e Riachinho 
                         C      D7      G 
Vamos simbora Sereno, parelha de Passarinho! 

( D7 - G - D7 - G ) 

                                       D7 
No riacho da Graúna quando meu carro parava 
                              C     D7     G 
Os "zóio" de uma cabocla meu coração cutucava 
                                      D7 
Na volta lá da cidade de novo por lá passava 
                           C      D7       G 
Os "zóio" desse malvada de novo me provocava! 
                                             D7 
Assim fiquemos um tempão, cinco mês fiquemos assim 
                            C   D7     G 
Eu com areceio dela, e ela com medo de mim 
                                          D7 
Mas um dia criei coragem, falei com ela por fim 
                      C      D7        G 
Essa cabocla chamava Corina Flor do Alecrim! 

( D7 - G - D7 - G ) 

                                           D7 
O alecrim não tem espinho e é danado pra cheirar 
                          C      D7        G 
E memo não tendo espinho, alecrim pode magoar 
                                    D7 
Corina Flor do Alecrim só soube me judiar 
                            C     D7      G 
Me prometeu "mir" ventura e só me trouxe penar 
                                         D7 
Só tive um amor na vida, tristeza me veio dar 
                               C    D7    G 
Fiquei velho aperreado já não posso carrear 
                                            D7 
Já contei a minha história antes de outro contar 
                            C     D7       G 
Onde meu carro passou ficou rastro por "sinar" 

( D7 - G - D7 - G ) 
  

cifra enviadasem correções
enviado porenviada por:tamamoreira
top 5 | rolando boldrin
top sertanejo
Outras músicas do artista letras do(a) Rolando Boldrin
Top cifras »Top artistas »
Petaxxon Comunicação Online
Cifras.com.br - Melhor e mais completo site de cifras e tablaturas do Brasil
Mais de 1 milhão de acordes de músicas cadastradas desde 2003
As informações contidas no nosso site são colaborações de seus usuários e podem conter erros, sendo assim, não nos responsabilizamos sobre nenhuma destas.
close
menos
mais
close
Cor dos acordes:

Cor da letra:

 

save
close
close
 
redimensionar